Implante Tadalafil no Tratamento da Falta de Ereção


 


IMPLANTE TESTOSTERONA

NOME: Testosterona

ASPECTO: Sólidos cilíndricos ou eventualmente esféricos.

pH: N/A

APRESENTAÇÃO: Implante subcutâneo (3mm Ø) 75mg (ampola 2 mL)
Implante subcutâneo (4mm Ø) 150mg (ampola 2 mL)
Implante subcutâneo (4mm Ø) 200mg (ampola 2mL)

COMPOSIÇÃO: Testosterona 75mg/150mg/200mg
Excipiente q.s.p

MECANISMO DE AÇÃO:
A testosterona é o hormônio predominante no homem. Observando-se A cascata de produção hormonal observas-se que a testosterona pode ser convertida em DHT (dihidrotestoterona) pela enzima 5-alfa-redutase. Quando não convertida em DHT a testosterona é convertida em estradiol, o hormônio responsável por características femininas, através da enzima aromatase. Uma vez produzidos, o estradiol e a dihidrotestosterona, não serão convertidos novamente em testosterona.
Por este motivo, muitas vezes a suplementação deste hormônio faz-se necessária como, por exemplo, no homem na andropausa e na mulher na menopausa.

SUGESTÃO DE USO:
Para homem:
– Reposição hormonal.

 

Para mulher:
– Reduz ansiedade e depressão;
– Reduz atividade inflamatória;
– Efeito lipolítico;
– Aumenta densidade óssea e massa muscular;
– Aumenta libido.

USUALMENTE APLICADO:
– Implante estéril Subcutâneo

SUPORTE BIBLIOGRÁFICO:

KAMINETSKY, J.C., et al. A Phase IV Prospective Evaluation of the Safety and Efficacy of Extended Release Testosterone Pellets for the Treatment of Male Hypogonadism, J Sex Med, 2011.
PASTUSZAK, A.W., et al. Pharmacokinetic Evaluation and Dosing of Subcutaneous Testosterone Pellets. Journal of Andrology, v.33, n.5, 2012.
HANDELSMAN, D.J., et al. An Analysis of Testosterone implants for androgenreplacement therapy, Clinical Endocrinology, n.47, 1997.

 

IMPLANTE TADALAFILA

ASPECTO: Sólidos cilíndricos ou eventualmente esféricos.

pH: N/A

APRESENTAÇÃO: Implante subcutâneo 50mg
COMPOSIÇÃO: Tadalafil 50 mg (3mm Ø)  Excipiente q.s.p

MECANISMO DE AÇÃO:
É um medicamento para o tratamento da dificuldade de obtenção e/ou manutenção da ereção do pênis (disfunção erétil). Quando um homem é sexualmente estimulado, a resposta física normal do seu corpo é o aumento do fluxo sanguíneo no pênis. Isso resulta em uma ereção. A tadalafila ajuda a aumentar o fluxo de sangue no pênis e pode auxiliar homens com disfunção erétil a obterem e
manterem uma ereção satisfatória para a atividade sexual. Uma vez completa a atividade sexual, o fluxo sanguíneo do pênis diminui e a ereção termina. Para tadalafila funcionar, é necessário uma excitação sexual.

SUGESTÃO DE USO:
– Disfunção erétil

USUALMENTE APLICADO:
– Implante estéril Subcutâneo

SUPORTE BIBLIOGRÁFICO:
SUNG, H.H.; LEE, S.W. Chronic low dosing of phosphodiesterase type 5 inhibitor forerectile dysfunction. Korean Journal of Urology, v.53, 2012.

 

PORST, H.; et al. Evaluation of the efficacy and safety of once-a-day dosing of tadalafil 5mg and 10mg in the treatment of erectile dysfunction: results of a multicenter, randomized, double-blind, placebo-controlled trial. European Association of Urology, v.50, 2006.
WASHINGTON, S.L.; SHINDEL, A.W. A once-daily dose of tadalafil for erectile dysfunction: compliance and efficacy. Drug design, development and therapy, v.4,2010.

Dr. Paulo Meira

(CRM (MG) 19577 • RQE 13157 )

• Mestre em Medicina
• Bacharel em Medicina
• Especialização em Endocrinologia e Metabologia

Titular da Sociedade Brasileira de Endocrinologia