Implante HCG Emagrecimento



IMPLANTE GONADOTROFINA CORIÔNICA

ASPECTO: Sólidos cilíndricos ou eventualmente esféricos.
pH: N/A

APRESENTAÇÃO: Implante subcutâneo (4mm Ø) 10000UI(ampola 2 mL)

COMPOSIÇÃO: Gonadotrofina Coriônica 10000UI
Excipiente q.s.p

MECANISMO DE AÇÃO:

Gonadotrofina coriônica estimula a formação de esteróides nas gônadas, devido ao efeito biológico similar ao do LH (hormônio luteinizante). No homem promove produção de testosterona e na mulher a produção de estrógenos e particularmente da progesterona após a ovulação.

SUGESTÃO DE USO:
• Hipogonadismo;
• Deficiência de espermatogênese.

USUALMENTE APLICADO:
– Implante estéril subcutâneo

SUPORTE BIBLIOGRÁFICO:
SIMEONS ATW. Pounds and Inches : a new approach to obesity. Private printing, 1974.
SIMEONS ATW. The action of chorionic gonadotropin in the obese. Lancet II: 946- 947, 1954.
GAZVANI, M.R.; et al. Conservative management of azoospermia following steroid abuse – case report. Human Reproduction, v.12, n.8, p.1706-1708, 1997.2
WEINSTEIN, R.L.; et al. Secretion of unconjugated androgens and estrogens by the normal and abnormal human testis before and after human chorionic gonadotropin. The Journal of Clinical Investigation, v.53, p.1-6, 1974.
ASHER WL, HARPER HW. Effect of human chorionic gonodotropin on weight loss, hunger and feeling of well-being. Am J Nutr 26:211-218, 1973.
VOGT, Y; BELLUSCIO, D. Controversies in Plastic Surgery :SAL (Suction Assisted Lipectomy and the hCG protocol for the management of obesity) Aesth. Pl. Surg 11:131-156, 1987.
BAGSHAWE KD, ORR AH, RUSHWORT AGJ. Relationships between concentration of hCG in plasma and cerebrospinal fluid. Nature 217:950-951, 1968.

Dr. Paulo Meira

(CRM (MG) 19577 • RQE 13157 )

• Mestre em Medicina
• Bacharel em Medicina
• Especialização em Endocrinologia e Metabologia

Titular da Sociedade Brasileira de Endocrinologia