Os líquidos e o emagrecimento

Os líquidos e o emagrecimento

Os líquidos e o emagrecimento

Por Paulo Meira

Durante um programa alimentar que visa promover perda de peso, deve-se ter cautela em relação ao tipo de líquido ingerido. O ideal é que esses líquidos sejam pobres em calorias ou mesmo isentos de calorias. Água, muita água é sempre preferível a qualquer outro tipo de líquido. Com gás ou sem gás, tanto faz. O gás engorda ou dá celulite? Bobagem – isso alguém inventou e os outros foram repetindo. É um dos mitos, dos muitos mitos e bobagens que se fala sobre emagrecimento.

A mesma coisa vale para o gás dos refrigerantes. Se tomar algum tipo de refrigerante, opte por opções sem açúcar – versões diet ou light, e mais recentemente a versão zero. Antes que você pergunte: é tudo a mesma coisa – o mais importante é que não tem açúcar nem tem calorias e não engorda nem é o causador da celulite. Nesse sentido, se você está controlando as calorias para perder peso, o uso de sucos pode atrapalhar. Suco é saudável, tem vitaminas e faz bem, mas pode ter muitas calorias. Opte por sucos diluídos em água, de maracujá, melão ou limão. Evite sucos de várias laranjas ou de melancia, que têm muitas calorias. Se adoçar, use adoçante.

Finalmente, o outro mito: o de que tomar líquido nas refeições faz engordar. É outra mentira. Você não precisa se privar de tomar um copo d’água quando estiver comendo. Pode matar a sede, mas escolha líquidos sem calorias!

Deixe um comentário