Fluoxetina é útil na perda de peso?

Fluoxetina é útil na perda de peso?

Fluoxetina é útil na perda de peso?

Por Paulo Meira

A fluoxetina (e a sertralina, que é parecida) é um inibidor da recaptação de serotonina. Isso significa que essas medicações aumentam a serotonina no cérebro, sendo indicados formalmente no tratamento de depressão e bulimia nervosa, mas sem indicação em bula para tratar obesidade. Tanto a fluoxetina como a sertralina reduzem a ingestão alimentar em animais, experimentalmente.

No entanto, eles diminuem o apetite e estudos clínicos documentaram o efeito dessas medicações reduzindo a ingestão alimentar.  A perda de peso resultante é bem variável, e parece não haver um modo de prever quem serão os bons respondedores, ou seja, quem vai perder peso e quem não vai. A conseqüência de bloquear a captação de serotonina vai desde a redução da ingestão de alimento, passando por alteração da seleção alimentar e até mesmo mudanças endócrinas, como melhora de diabetes, por exemplo, em alguns estudos.

Essas medicações não são, portanto, agentes eficazes contra a obesidade, embora seja indubitável que possam ser usados para pacientes obesos deprimidos, e para pacientes com outras doenças documentadas, como apnéia do sono e transtornos de compulsão alimentar, por exemplo. A perda máxima de peso com fluoxetina é atingida por volta de seis a nove meses, e o uso prolongado da medicação pode estar associado a reganho de peso.

Deixe um comentário